COMO CONTROLAR O DIABETES COM UMA DIETA VEGANA


O Diabetes é uma doença causada pela produção insuficiente e/ou má absorção de insulina, hormônio que regula a glicose no sangue e garante energia para o organismo. Existem dois tipos mais comuns da doença: o tipo 1 e o tipo 2. De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, existem atualmente, no Brasil, mais de 13 milhões de pessoas vivendo com a doença, o que representa 6,9% da população nacional. A causa do tipo de diabetes ainda é desconhecida e a melhor forma de preveni-la é com práticas de vida saudáveis (alimentação e atividades físicas). 

Uma dieta vegana, rica em alimentos integrais baseados em plantas, pode ajudar a controlar a condição. "Com uma dieta vegana saudável, com baixo teor de colesterol e gordura saturada, mas equilibrada o suficiente para incluir fibras e proteínas, os níveis de glicose no sangue podem ser mais fáceis de controlar", diz a Global Diabetes Community.

Um estudo realizado recentemente com mais de 2.000 jovens adultos - apresentado na Nutrition 2019 - corrobora este ponto de vista. Para participantes que aumentaram a quantidade de frutas, vegetais e nozes em sua dieta ao longo de 20 anos, o risco de desenvolver diabetes tipo 2 foi 60% menor do que aqueles que não o fizeram.

Diabetes | MOTHER Nutrients

De acordo com um estudo da Universidade de Londres, uma dieta baseada em plantas também poderia ajudar a aliviar os sintomas de depressão em pacientes com diabetes tipo 2, bem como outros problemas de saúde mental.

Uma análise crítica de mais de 400 indivíduos com diabetes, com uma faixa etária perto dos cinquenta anos, revelou que a qualidade de vida física e emocional de todos melhorou após a mudança para uma dieta vegana.

Segundo Anastasios Toumpanakis, autor da pesquisa,  “diríamos que pessoas com diabetes tipo 2 que seguem uma dieta vegana podem ser mais felizes porque, como os estudos sugerem, a maioria descobriu que através deste padrão alimentar eles podem ter melhor controle de sua condição.

Também de acordo com o estudo, dores em terminações nervosas se demonstraram serem menos comuns naqueles que seguem uma dieta à base de plantas. Aqueles que permaneceram em uma dieta à base de carnes relataram uma perda de controle de temperatura nos pés, sugerindo que alimentos à base de plantas podem ajudar a diminuir o dano nervoso progressivo em pessoas com diabetes.

Seis em cada onze estudos apresentaram indivíduos que reduziram significativamente, ou pararam completamente, suas medicações a partir do momento que começaram a seguir uma dieta vegana.

Toumpanakis constata, "Se através da dieta pacientes conseguem ter o poder de melhorar seus sintomas físicos e níveis de glicose, e até mesmo parar alguns dos seus medicamentos, isto demonstra um enorme impacto na qualidade de vida".

 

Leia também: Conseguimos absorver cálcio seguindo uma dieta vegana?